EnglishPortugueseSpanish

Cistite Intersticial

Como definição a cistite intersticial é uma condição crônica da bexiga que causa desconforto ou dor recorrente na bexiga ou na região pélvica circundante – variando de dor intensa a desconforto leve. Ela se parece muito com uma infecção do trato urinário, mas não é, de fato, uma infecção. Ainda assim, os eventuais sintomas graves podem afetar a qualidade de vida e as atividades cotidianas.

Entre os sintomas mais comuns destacam-se: dor pélvica leve a grave; urgência urinária; dor ou desconforto na bexiga; dor durante a relação ou micção frequente. Em mulheres, os sintomas podem piorar logo antes da menstruação. Algo muito recorrente na cistite intersticial é a sensação de que se precisa urinar frequentemente, mas percebe-se que o volumes esperado de urina é muito menor do que deveria. E, ao longo do tempo, a bexiga pode adquirir cicatrizes ou ficar rígida devido à inflamação, dificultando o enchimento da bexiga com urina e causando sangramento das paredes da bexiga à medida que ela tenta se expandir.

O diagnóstico e o tratamento podem ser difíceis, pois a causa exata para essa condição ainda é desconhecida. Com isso, mesmo com pesquisas relevantes, não há tratamentos universalmente eficazes – em geral, são adotadas medidas de suporte, comportamentais e farmacológicas visando a remissão dos sintomas, baseadas na identificação de causas alimentares e ambientais. Muito raramente, a cirurgia é recomendada, mesmo para casos graves.

Os diagnósticos ginecológicos comuns de dor pélvica crônica incluem doenças como a endometriose, a vulvodínia e as disfunções do assoalho pélvico, portanto, diversos testes poderão ser necessários para um parecer preciso, visto que a cistite intersticial não possui características histológicas específicas.

SGORJ sempre em luta pela saúde da mulher.


Cadastre-se e receba novidades